SHIPPADOS (2019)

Nesse sitcom original Globoplay a produção de arte tem papel fundamental: trazer a vivência para o ator e fazer a personagem acreditar que realmente vive naquele lugar.

● Com a confiança da diretora artística Patrícia Pedrosa no meu trabalho, propus a paleta de cor, inspirada em Wes Anderson. Trabalhamos junto com as equipes de figurino, arte, caracterização, fotografia e cenografia, todos afinados para trazer nela a realidade, com uma certa distorção sobre o amor.

● O resultado desse trabalho em conjunto foi uma paleta que trazia um conforto para os olhos, transitando entre os diferentes universos da série, como o metrô, casa da Rita, cidade cenográfica e a casa do Enzo, por exemplo.

● A ideia de oposição, uma dicotomia entre os universos da Rita e do Enzo foi o ponto de partida do conceito da arte nesse projeto. O caótico, acumulativo (Rita) X o organizado, zen e naturalista (Enzo).

Escrita por Alexandre Machado e Fernanda Young
Direção artística e geral de Patrícia Pedrosa

 
tape.png
tape.png
tape.png

Casa de Enzo

Dividia o apartamento com um amigo naturalista, vegano e zen, então, no ambiente tinha muito verde, natureza, cores calmas, tudo muito organizado (por causa do TOC do personagem).

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom

Casa de Rita

Universo caótico e old fashion, ambiente cheio de coisas de uma mãe acumuladora. Já no quarto dela, os tons eram sempre abaixo dos da mãe. Ali era o microuniverso dela, bem personalizado, com portas do armário escritas a giz (lettering feito à mão), desenhos e frases motivacionais. Criamos esse conceito para representar no armário a história da busca por um amor e pelo pai.

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom

Buscamos também objetos que ajudaram na composição dos personagens: balas e plástico bolha para Rita (ansiosa e bagunceira). Álcool em gel, própolis e soro de nariz para Enzo (TOC de organização e limpeza).

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom